COMO SER INFLUENCIADORA DIGITAL DE SUCESSO

O guia para criar conteúdos na internet, rentabilizar a sua paixão e ser uma influenciadora digital de sucesso.

Influenciadores ou criadoras de conteúdo digital são o fenômeno social mais discutido da década. Ser um influenciador digital significa oferecer conteúdo em redes como Facebook, YouTube, Twitter, TikTok, blogs e Instagram, e receber muitas interações de pessoas diariamente.

Para envolver o público e produzir conteúdo de qualidade, atualmente, o influenciador precisa ter inúmeras habilidades: precisa ter noções de redação (e bom português), gerenciamento e criação de conteúdo, fotografia e edição de imagens, gravação e edição de vídeos, técnicas de SEO (Otimização para Mecanismos de Buscas) para Youtube e blog e, também, precisa saber práticas de negociação, para fechar contratos com marcas. 

Portanto, ser influenciadora digital de sucesso não é tão simples quanto parece. É preciso estudar bastante, criar conteúdo relevante e, principalmente: ser consistente em suas ações. E como a concorrência está enorme, certamente é preciso se profissionalizar para se sobressair

Separei 5 dicas para quem quer ser uma influenciadora digital de sucesso em 2020:

1. Defina nicho e subnicho

Primeiro de tudo, é necessário atuar em um nicho de mercado e oferecer uma solução para as dores e problemas de um grupo específico de pessoas. Pode parecer ruim atingir um número menor de pessoas, mas pense na dificuldade para quem quer conquistar um lugar de destaque no mercado de massa, com influenciadores já estabelecidos. 

Como você espera se destacar e alcançar a sua concorrência em um mercado tão amplo? Produzindo conteúdo sobre beleza, gastronomia, causas sociais, literatura e sexualidade? Assim mesmo, tudo “junto e misturado”? Escolher um nicho não é tarefa fácil, e é preciso levar em consideração alguns fatores como:

  • Seu interesse/paixão pelo nicho;
  • Seu conhecimento sobre os problemas específicos;
  • Tamanho e demanda.

Da mesma forma, o subnicho é outra especificação, é o foco do que a influenciadora vai criar conteúdo. Culinária, por exemplo, é o nicho. O subnicho talvez possa ser receitas de microondas. Assim, ao invés de concorrer com grandes influenciadores, você vai ter a oportunidade de ser autoridade no assunto

Subnichar gera menos visitas, afinal, é procurado por pessoas que desejam algo bem específico. Mas é provável que esse público tenha mais interesse em permanecer, engajar e até virar seu fã, pois você oferece exatamente o que eles procuravam.

vídeo influencer digital
influencer digital fotografando
duas influenciadoras filmando

2. Resolva os problemas da sua audiência

Após selecionar um nicho e um subnicho, seus conteúdos precisam solucionar problemas que esse público tem. Por exemplo, se o seu nicho é de veganismo e o subnicho é para mães, que temas essas mães veganas vão procurar na internet? 

Para que você entenda as necessidades da sua audiência, algumas ferramentas podem te ajudar: o Google Keyword Planner e o Answer the Public, por exemplo, dão as palavras-chave que o seu público está procurando no Google.

Além disso, o segredo da influência é ouvir seus seguidores: faça enquetes, pergunte que tipo de temas querem, quais dúvidas têm sobre determinado assunto. Assim, você vai poder ser mais assertiva na hora de criar o conteúdo e solucionar o problema da sua audiência.

3. CRIE CONTEÚDO DE QUALIDADE

Nem tudo são selfies para quem quer ser uma influenciadora digital de sucesso. Foi-se o tempo em que bastava postar fotos bonitas. Imagens e vídeos com qualidade são fundamentais, mas é preciso, também, entregar valor nas postagens. Para visualizar assuntos que são tendência, há o Google Trends. Nele você tem acesso a temas que estão em crescimento no maior mecanismo de busca do mundo.

influenciadora digital fazendo selfie

Conteúdo de qualidade, útil e interessante garante mais engajamento. Isso porque mais pessoas vão curtir, comentar e marcar os amigos. Inclusive, muitos seguidores podem surgir para receber materiais similares.

O conteúdo ideal é aquele que vai informar, educar, inspirar ou entreter o seu público, e a disposição desses temas precisa ser definida de acordo com a sua estratégia de comunicação e as linhas editoriais previstas no seu mapa de conteúdo.

Na hora de criar, procure por referências e use sua criatividade para que seu conteúdo seja autêntico e atraente. E atenção para que não ocorram erros de digitação, por exemplo, que mostram desleixo e podem afastar o público, fazendo com que seus seguidores percam o interesse

4. Seja consistente

Não adianta postar bastante em uma semana e, na seguinte, não ter nenhuma publicação.

“Quem não é visto não é lembrado”, certo? Nas redes sociais, é preciso postar algo constantemente para que as pessoas não se esqueçam de você. A consistência nas postagens é fundamental para criar um relacionamento de confiança com a sua audiência e, também, para que os mecanismos de busca te encontrem e te recomendem. 

Quanto menos você posta, menos os seguidores interagem. O resultado pode ser até a baixa exibição das suas poucas publicações nos feeds dos seus seguidores. Só tome cuidado para não exagerar na frequência e irritar sua audiência, ok?

influenciadora digital de beleza

Mas, existe uma periodicidade recomendada de postagens para fazer nas redes sociais? Sim, e cada uma das redes tem a sua demanda. Para Instagram, por exemplo, são no mínimo 3 postagens por semana. No Youtube e no blog, uma postagem semanal — neste último, sempre no mesmo dia e horário para otimizar o SEO

Fique de olho nos acontecimentos e aproveite para criar conteúdo relevante. Além disso, é essencial ter um calendário editorial com publicações dos próximos meses, para que se tenha uma frequência fixa

blogueira trabalhando

5. SEJA PACIENTE

Apesar de tudo acontecer mais rápido na internet do que no mundo offline, é preciso ter paciência para construir uma base sólida de conexões. Não se preocupe apenas em aumentar a quantidade de seguidores, mas foque em construir conexões com essas pessoas. Pessoas se interessam por pessoas.

É essencial responder e interagir com os seus seguidores. Eles esperam e valorizam essa postura. Interaja bastante, pois isso faz parte do relacionamento que deve ser estabelecido, inclusive para te dar mais credibilidade. 

como ganhar dinheiro como influenciadora digital

Após algum tempo criando excelentes conteúdos, já será tempo de rentabilizar. Mas, como ganhar dinheiro como digital influencer? Existem diversas formas de gerar renda com a sua influência online, seja direta ou indiretamente. Conheça as 6 formas mais comuns:

POST PATROCINADO

O post patrocinado funciona da seguinte forma: uma empresa paga um valor e, em troca, você indica o produto ou serviço dela.

O texto do post ou o roteiro do vídeo podem ser escritos pelo anunciante, mas recomendo que você participe do processo para que ele tenha a sua cara e fique o mais real possível. 

O valor dos publiposts deve ser definido por você, de acordo com o tamanho da sua audiência e também do seu nível de engajamento.

Apesar dos posts patrocinados serem uma prática comum, é preciso ter cuidado ao recomendar produtos, e escolher apenas aqueles que você conhece e confia.

Também não se esqueça de que é obrigatório sinalizar a publicidade, e para identificar esse tipo de conteúdo você pode incluir hashtags como #publipost.

PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS

A maioria dos eventos que você vai participar no início será no modelo de permuta, para criar relacionamento com a marca. Mas, a partir do momento que você se tornar mais conhecida, sua presença se tornará um ativo para empresas e marcas, o que significa que você  vai poder cobrar por isso.

As influenciadoras famosas apostam em vários estilos de trabalho para compor a renda.

PALESTRAS, WORKSHOPS E CONSULTORIAS

Se você domina um assunto e já é uma autoridade nele, você pode oferecer consultorias, workshops e palestras presenciais

Esse tipo de evento é uma ótima oportunidade para fazer conexões com outras pessoas do seu nicho e firmar parcerias de negócios com marcas.

como ser influenciadora digital de sucesso
como ser influenciadora digital de sucesso
como ser influenciadora digital de sucesso
camila coelho influenciadora digital de sucesso

marketing de afiliados

No marketing de afiliados, você anuncia produtos de terceiros nas suas redes sociais e, em troca, recebe comissão por cada venda realizada por meio do link personalizado.

Esse modelo de negócio pode render bons resultados para os influenciadores digitais sem que se precise ter o trabalho de criar um produto. E o melhor é que a receita é recorrente

ANÚNCIOS

Essa é uma das formas mais simples de rentabilizar os acessos no seu blog ou canal do Youtube. Você pode se inscrever no Google Adsense para veicular anúncios e, a cada visitante que clicar nos anúncios, você recebe uma pequena quantia. 

Para valer a pena, você precisa ter bastante tráfego. Mas, tenha cuidado para não colocar banners demais no seu blog e espantar seus seguidores, pois publicidades em excesso podem comprometer a experiência dos usuários.

INFOPRODUTO

Infoprodutos são materiais criados e distribuídos em formato digital. Podem ser ebooks, videoaulas, screencasts (vídeos filmados a partir do computador), audiobooks, podcasts, programa para membros e e-Zines (revistas eletrônicas). 

Se você já tem conhecimento aprofundado sobre um assunto e uma audiência interessada, é uma excelente fonte de renda. Afinal, você vai produzir o conteúdo apenas uma vez e vender o mesmo produto para sempre, sem gastar dinheiro a mais com a produção.

Uma das principais vantagens de se criar um produto digital e vendê-lo na internet é que os lucros são escaláveis, já que as oportunidades de vendas são muito maiores do que nos cursos presenciais. Além disso, é uma alternativa para se manter relevante no seu nicho e se tornar uma autoridade.

Espero que esse artigo tenha te dado vários insights sobre como ser uma influenciadora digital de sucesso.  Siga nas redes sociais pra ficar por dentro dos novos conteúdos!

Aprenda a ser uma influenciadora digital com a minha mentoria!

RELACIONADOS

MUDANDO DE ASSUNTO