6 OPÇÕES DE COMO GANHAR DINHEIRO NA INTERNET E EMPREENDER AINDA EM 2020

Trabalhar na internet, antes, era basicamente um sonho para adolescentes. Mas agora, durante a pandemia do coronavírus, essa passou a ser a meta de muitas pessoas. Afinal, muitos perderam a sua renda fixa. Enquanto isso, o marketing digital e o e-commerce dispararam nas vendas e nas projeções. 

Se você faz parte do time que quer aprender como ganhar dinheiro na internet, mas não faz ideia de como ou por onde começar, leia este artigo até o fim! Vou te apresentar 6 opções de como fazer as mídias digitais serem lucrativas — e você nunca mais vai precisar ser CLT.

Como ganhar dinheiro na internet pode ser possível e virar profissão?

1. Assistente Virtual

A gente já conhece as assistentes de escritórios e de empresas, que realizam um trabalho manual e presencial. Mas agora, na internet, estão surgindo as assistentes virtuais.

Você vai fazer ligações, entrar em contato com clientes, mandar e-mail para a empresa e fazer todo o papel de uma assistente, como habitualmente conhecemos, só que do conforto da sua casa (ou de qualquer lugar que você queira estar!). 

Existem já algumas plataformas especializadas para quem busca um trabalho de assistente virtual. Também existe um grupo no Facebook que aborda sobre o tema e ensina como as mulheres podem se tornar AV.

No Brasil, este é um mercado ainda em ascensão. Se você começar de agora, daqui uns meses ou anos, estará agradecendo pela iniciativa e já vai estar à frente de muita gente!

Saber falar outro idioma (especialmente o inglês) te permitirá, inclusive, a se candidatar para a vaga em sites de empresas estrangeiras. Afinal, a principal vantagem de ser virtual é que você pode trabalhar de qualquer lugar do mundo (e lucrar em outras moedas também). 

No exterior, esse é um emprego super comum, procurado e valorizado. Tem vagas no mundo inteiro e é uma ótima opção para quem quer fazer networking com empresas estrangeiras e profissionais de diversas partes do mundo.

2. social media

Se você gosta de produzir conteúdo para mídias digitais, essa é a opção certa! A área de social media está crescendo e se transformando a todo momento.

As empresas perceberam que criar conteúdo digital não é apenas uma tendência, mas uma necessidade. Ainda mais quando quer ter uma aproximação com o público e desenvolver interação B2C (“business-to-consumer”, comércio realizado entre uma empresa e os consumidores finais).

Você pode produzir conteúdos para o Instagram e se dedicar para trabalhar com essa plataforma especificamente, ou em outra como o Facebook, LinkedIn, Youtube, Twitter etc.

Pode, também, selecionar um nicho específico para trabalhar e ficar apenas nas plataformas que forem relevantes pro seu público.

Os criadores de conteúdo são muito necessários. E criar conteúdo não é apenas jogar um monte de informações para o seguidor-futuro-consumidor. As informações precisam ser estratégicas e criativas, precisam levar o seu branding, seu posicionamento e serem pertinentes para seu público-alvo.

Qual nova informação você estará levando ao seu seguidor? Saber disso é importante!

Mas, é claro que existirem momentos em que a criatividade falha, isso é normal! Como sou jornalista de longa data, já passei muito por isso e descobri um método para nunca mais ter o temido bloqueio criativo. 

Contei tudo no Workbook da Criatividade. Ele é um ebook importantíssimo para te ajudar a aprender a produzir mesmo que esses momentos existam. E o melhor: é grátis!

Existem muitos outros conteúdos onlines gratuitos para te ajudar a entender melhor como começar a produzir vídeo, foto, artigo da maneira certa etc, basta procurar na internet.

Por isso, encontre um ramo que você goste de trabalhar, busque informações sobre como ser social media, converse com quem já entende e está nesse meio para tirar algumas dúvidas iniciais, faça cursos.

Não tenha medo. Se você encarar como hobby, vai receber como hobby. Se você encarar como trabalho, aí sim irá receber como um. E para isso, é necessário investir em conhecimento, ok?

Conhecimento é um investimento com retorno garantido. Estude muito, o tempo todo. Tem muito conteúdo bom (e grátis) por aí. Comece com o grátis e, assim que entrar algum dinheiro, reserve SEMPRE 10% para reinvestir em conhecimento.

3. Programa de afiliados (produtos físicos e infoprodutos)

Procurar sobre como ganhar dinheiro na internet pode te levar a encontrar diversas coisas que você até acredita ser furada — e pra ser honesta, na maior parte das vezes é sim! 

Por isso, sempre suspeite daquilo que te oferecem lucros exorbitantes da noite para o dia, sem esforço. Sem estudo. Sem dedicação. Isso não existe! 

O programa de afiliado é uma parceria super bacana que realmente gera lucro, mas não é tão rápido de conseguir viver só com o dinheiro das comissões. Como qualquer outro trabalho, não existe nada fácil!

Como funciona?

Você irá vender um produto ou infoproduto que foi criado por uma outra pessoa e irá receber comissões de até 60% do valor. Simples assim. Você vende algo que nem precisou criar e recebe por isso!

Mas para viver só com o dinheiro das comissões, você deve vender poucos produtos, mas de ticket alto. Ou,  diversos produtos com valores mais acessíveis (os chamados “produtos de entrada“). Ou ambos. 

Tudo irá depender do seu planejamento e de quem será seu consumidor. Todas as informações do produto e da parceria podem (e devem) ser adquiridas gratuitamente diretamente com a equipe do produtor. 

Por isso, pesquise bem! Veja se o infoproduto tem qualidade, se a página de vendas é bem estruturada e se tem uma copy interessante e persuasiva. No Youtube, há vários criadores de conteúdo que falam sobre o assunto e dão dicas. 

Mas, se você quer realmente viver disso, sugiro fazer o curso Fórmula Negócio Online, do Alex Vargas (eu fiz e é bem completo mesmo, ele ensina o passo a passo).

Se você já tem uma boa rede de relacionamentos, sabe do que o seu público gosta e do que eles precisam, é uma ótima ideia se tornar afiliada de produtos que se adequem ao que eles já buscariam.

Existem plataformas como a Hotmart, a Amazon, a Monetizze e a Hostinger, entre tantas outras, que você pode se inscrever e ver os produtos para se afiliar.

Encontre o produto que o seu público vai querer comprar e invista em uma estrutura própria, criação de conteúdo e tráfego pago.

Se você tem interesse em criar um produto e comercializá-lo, começar sendo afiliada para entender o esquema é uma ótima opção. (Foi exatamente o que eu fiz!)

4. produtora de infoprodutos

Agora que você sabe que:

  • Ter um público-alvo definido é importante;
  • É muito mais fácil vender aquilo que seu público tem interesse em comprar;

Por que não criar o seu próprio produto?

Se você tem conhecimento, crie um ebook, um workshop ou outro infoproduto! Produza seu próprio produto, coloque-o em uma plataforma segura, confiável e conhecida (indico a Hotmart) e venda-o.

A venda de infoprodutos é passiva e muito lucrativa.

Horas serão gastas para pensar, produzir e executar o planejamento ideal, mas a partir do momento em que você o lança e cria uma rede de marketing para ele, irá ganhar dinheiro inclusive enquanto estiver dormindo.

Você trabalha uma vez e vende para sempre. E a boa dica para isso é permitir que seu produto entre no programa de afiliados, pois como disse acima, eles irão vender para você!

5. DROPSHIPPING

Quem quer saber como ganhar dinheiro na internet e se interessa mais pelo e-commerce, essa é a opção ideal!

Vender produtos sem ter uma loja e sem estoque é o sonho de muita gente, e isso funciona no Dropshipping.

A técnica consiste em criar seu e-commerce, vender produtos e receber o lucro, sem se preocupar e gastar com o estoque do produto ou com a entrega dele (que será realizada pelo fornecedor).

Grandes lojas e e-commerces realizam essa prática, como as Lojas Americanas e a Amazon.

Seu e-commerce será um intermediário da venda, por isso, é importante escolher um fornecedor confiável e com uma boa estrutura para entregar o produto com qualidade e eficácia ao cliente.

Pois lembre-se, caso o fornecedor não seja bom, será o nome da sua loja que ficará mal.

6. iNFLUENCER

Se tornar influenciadora é a meta e sonho de muitas, mas é uma das profissões mais difíceis, pois leva tempo e é preciso ter muita dedicação.

Não acredite que é apenas receber produtos e compartilhá-los com o seus seguidores.

Nos bastidores há a preparação de cenários, montagem de posts, de artigos, de como criar conteúdos diários, como fazer parceiros certos para o público e ainda sim fazer parecer ser tudo natural e fácil.

Hoje o lugar de uma influencer é de muito prestígio, de muita importância e isso pode ser perigoso.

Grandes marcas estão procurando influenciadoras para divulgar parcerias, produtos e serviços por entenderem que elas estão sendo grandes impulsionadoras para a aquisição de algo.

Mas é preciso ser honesta quanto à divulgação de um produto ou serviço, pois caso sua informação seja mentirosa, sua marca pessoal ficará comprometida negativamente para sempre!

É importante saber se destacar e entender como ser uma influencer de sucesso.

Ficou interessada em aprender mais sobre como trabalhar na internet?

A mentoria é ideal para quem deseja empreender na internet e trabalhar a sua marca pessoal. Pois, para que você tenha sucesso e se destaque no mercado, é imprescindível que você se profissionalize.

Se você está no início da sua carreira de influenciadora digital e quer gerenciar suas redes sociais de forma eficiente, com pouco tempo de trabalho, o Kit Influencer Profissional é muito importante na sua jornada!

Gostou do conteúdo? Compartilha com a sua amiga que está querendo embarcar nesse mundo virtual.

RELACIONADOS

MUDANDO DE ASSUNTO